Sexta-feira, 7 de Maio de 2010

Reacções Iniciais após diagnóstico

Se foi recentemente diagnosticado com deficiência Renal Crónica, é normal sentir-se um pouco chocado com a notícia sobre o que lhe está a acontecer e preocupado com o que futuro da sua vida! Nesta fase inicial pode ainda ter um período de anos, meses ou semanas até que o rim deixe de funcionar o suficiente e que tenha de começar em tratamento de diálise ou possível transplante.

 

Algumas pessoas conseguem passar anos sem notar qualquer problema com o seu corpo, pois infelizmente esta doença costuma ser lenta e desenvolve-se gradualmente, sem nós darmos por isso. Os sintomas vão aparecendo e nós conseguimos arranjar qualquer desculpa para a razão destes mesmos, como o excesso de cansaço que vamos sentindo, o facto de não termos tanta energia, possíveis dores de cabeça, o urinar mais frequentemente e à noite. É quando o doente começa em diálise, que a maioria das pessoas consegue notar o pobre estado físico em que se encontrava antes de começar a fazer o tratamento, pois o tratamento vai ajudar a melhorar o seu estado físico e mental!  

 

Este texto tenta ajudar a compreender as emoções e o stress que está a passar, (que são totalmente normais), como doente, membro da família ou amigo próximo.

 

 

Reacções Iniciais

  

Após sermos diagnosticados com Insuficiência Renal Crónica (IRC) (ou qualquer outra doença crónica), as pessoas tipicamente passam por um certo número de fases, que pode ocorrer uma a seguir da outra ou por ordem diferente ou ainda misturarem-se umas com as outras.   Algumas pessoas ultrapassam estas fases totalmente, outras pensam que já ultrapassaram essa fase para depois voltarem novamente à mesma fase mais tarde.

Isto faz simplesmente parte de um processo para nós entrarmos em harmonia com os acontecimentos que nos estão a ocorrer. Apesar do muito stress causado por este processo, é perfeitamente normal passarmos por estas fases.

 

    1.  Choque - (Shock) primeiro o paciente (ás vezes também os familiares e amigos próximos) entram em estado de choque, sentindo-se como que este assunto não lhes dissesse  respeito (não devem estar a falar de mim, é engano), como se estivessem a observar a vida como um filme e não a fazer parte dela. Este estado de choque pode ter uma duração curta como pode durar por várias semanas.

    

    2.  Dor, Sofrimento Profundo - (Grief)  Este sofrimento ocorre quando a realidade da situação é reconhecida (frequentemente costuma aparecer depois do choque). Nesta fase a pessoa começa a reagir ás noticias que lhes foram dadas, muita das vezes com uma sensação de abandono, falta de energia, a sentir-se perdido/a no meio de tudo, desesperado/a e aflita, incapaz de tomar decisões. Os doentes, familiares e os amigos mais próximos sentem-se completamente dominados pela realidade e torna-se difícil de pensar em algo positivo ou de poder planear alguma coisa.

 

   3.   Rejeição -(Denial)   Uma reacção muito comum quando recebemos notícias sobre uma doença grave, é de rejeitar, negar a existência dessa mesma doença ou as suas implicações. Por um lado é positivo conseguirmos colocar a doença lá para um cantinho da mente e continuarmos com a nossa vida normal, em vez de ficarmos a mastigar mentalmente sobre a doença. Rejeição é mau quando nos faz começar a não ligar a nós próprios, a não tomar cuidado com a nossa vida, como por exemplo: - deixar de tomar os medicamentos, não seguir conselhos de dieta adequada á nossa situação e falhar ás consultas. Esta atitude pode impedir um melhor planeamento para o futuro.

 

   4.  Revolta, Raiva, - (Anger)   É muito normal este sentimento aparecer nos doentes ou nas pessoa mais próximas. Ás vezes temos a sensação de que existe alguém a culpar e fazer com que essa pessoa reconheça que cometeu um erro. Os pacientes muitas vezes direccionam essa raiva contra o médico de família, quem eles pensam que poderia ter prevenido que o rim deixa-se de funcionar, se tivesse feito um diagnostico mais cedo. É uma situação em que não se deve atribuir culpas, por isso torna-se difícil encontrar alguém ou algo para podermos direccionar esta raiva. Uma das coisas que pode ajudar a sair desta fase é conversar com diversas pessoas e exteriorizar os seus medos.

 

   5.  Culpa  (Guilt) - Muitas vezes os familiares, amigos ou mesmo o doente ficam com esta pergunta por responder: - O que é que eu fiz de errado? Ou o que é que eu fiz para merecer isto?   A resposta é simples - NADA.

Ás vezes há um sentimento nos pacientes, que os faz sentir como que desapontaram todos as pessoas mais próximas (esposo, filhos, família, amigos), por terem ficado doentes. Têm receio de se tornarem um fardo e alterar a vida dos que estão em seu redor. Certamente de uma forma ou outra a doença vai afectar essas pessoas mais próximas, mas a pergunta que deve fazer é: - Como é que eu reagiria se a situação fosse invertida?   Eu de boa vontade e afectuosamente iria apoiar o meu esposo e não iria querer que ele se sentisse mal por o que lhe está a acontecer.

 

 

   6.  Aceitação  (Acceptance) - gradualmente as pessoas aproximam-se da realidade e começam a aceitar aos poucos , em passos pequeninos o que lhes está a acontecer, podendo assim começar a adaptar a sua vida e forma de pensar sobre a sua nova situação e circunstâncias. Quanto mais informação tiver sobre a sua doença e como viver com ela, mais fácil será de começar a aceitar a sua  nova situação.

 

MEDO e STRESS derivam em parte de insegurança financeira, particularmente se tem família que depende do seu ordenado.

Deve procurar assistência e informar-se dos seus direitos.

 

Alguns sites onde pode encontrar alguma informação:

 

  http://www1.seg-social.pt/

 

   http://www.apir.pt/

 

 

(este texto é traduzido por mim, com a ajuda de uma amiga na correcção do português.

Espero que o consigam entender e que a mensagem seja compreendida.   O site de onde tirei esta informação foi de um site inglês, mas ainda não consegui descobrir a sua fonte pois estes documentos foram impressos).

publicado por insuficienciarenal às 16:35
link do post | comentar | favorito
 O que é?
9 comentários:
De Rosalia a 9 de Maio de 2010 às 23:13
e estou aqui sempre que precisares pra falares:-)
De insuficienciarenal a 12 de Maio de 2010 às 17:09
Ola Rosalia! Obrigado pelo comentario. Se poderes e quiseres envia o teu email para te poder contactar!
Um bom dia com energias e pensamentos positivos!
De carlos ferreira a 4 de Novembro de 2012 às 00:04
Prezados, o texto sôbre as fases da aceitação da doença, é da Dra. E;lizabeth Kluber Ross, falecida em 2005. O texto esta num grande livro escrito por ela que se chama A Roda da Vida!
De nina cruz a 15 de Julho de 2010 às 00:58
ola sou doente renal.
pois vou comecar o tratamento
sei quer vai ser dificio,
mas sei q uer não estou so
muita sorte a todos quer tem o problema.
ninacruz????????
De insuficienciarenal a 15 de Julho de 2010 às 21:22
Olá Nina Cruz!

Espero que corra tudo bem, e que te adaptes ao tratamento o melhor possível ! já agora que tipo de diálise vais fazer? Não deixas-te contacto, assim respondo por aqui!
Tudo bom e positivo!

Fernando Neto
De Roseli a 12 de Julho de 2012 às 07:12
Fernando....sou brasileira e tenho 41 anos....descobri há 3 que tenho IRC, e confesso que surtei.Sempre fui hiper ativa, trabalhava, cuidava da familia, amo viajar, sair passear cinema restaurante...enfim.Tenho um adolescente e sou super presente na vida dele.O surgimento da doença renal me jogou no abismo.Relutei por um ano a aceitar.durante um ano fiz dieta e tomei os remedios ,mas fugi da dialise.Há dois meses repeti os exames e piorei muito.Agora estou no treinamento da dialise peritonial.Ainda tenho pesadelos com isso.Encontrei o seu blog e estou lendo tudo que postou.As reações da descoberta, o processo, etc.é meio torturante, mas tenho que me acostumar, e só me sinto segura estando bem informada. Preciso estar viva...tenho um marido maravilhoso e um anjo de filho.Se quiser entre em contato pelo meu e-mail...preciso de alguem no mesmo barco pra me ajudar a aceitar e para eu saber o que vem pela frente.Os médicos falam de algo que só sabem na teoria, mas na pele mesmo so quem passa por isso é que sabe.Tenha bonissima noite.
De insuficienciarenal a 6 de Agosto de 2012 às 20:28
Olá Roseli!

Fico muito contente pela sua visita e pelo seu apoio. Se o meu blog a poder ajudar em alguma coisa, fico ainda mais feliz, pois a intenção foi sempre essa. Agora faça-me um favor e apareça no nosso grupo no Facebook e fique membro do grupo. Somos neste momento 224 membros de Portugal e do Brasil. è uma óptima forma de não nos sentirmos sozinhos ! Vai tudo correr bem! A diálise é como tudo na vida, a uns só tem complicação a outros não existe problema nenhum. Somos todos diferentes e reagimos de formas diferentes! Um abraço,
Fernando
De Filipa Vidal a 11 de Março de 2014 às 23:03
Boa noite.

Desde já agradeço as suas respostas às minhas dúvidas nos comentários aos seus posts.

O meu pai também é doente renal crónico e por acaso sabe como funciona as pensões por invalidez/reformas para este tipo de situação? Se tem direito, se não?

Muito obrigada e felicidades!

Melhores cumprimentos
De insuficienciarenal a 27 de Março de 2014 às 11:38
Olá Filipa Vidal!

Eu estou reformado por invalidade e tenho 46 anos. Primeiro fui ao centro de saúde e perguntei o que precisava fazer para adquirir o "Atestado Médico de Incapacidade Multiuso" com este documento oficial, que é o primeiro que se deve fazer. No centro de saúde preenchi uns documentos, depois (se não me engano) tive que ver o medico de família que passou uma consulta com a junta medica, esta consulta levou alguns meses a acontecer. Na junta medica ao dizer que tinha insuficiência renal crónica , eles somente olharam para uma lista em que automaticamente já esta lá a percentagem de incapacidade física 70%. Se o paciente tiver mais problemas de saúde , pode ser que essa percentagem aumente, mas isso só eles é que sabem. Com esse documento fui à segurança nacional e tratei do resto. Não sei se isto ajuda, mas sei que o "Atestado Médico de Incapacidade Multiuso" é o documento principal e o primeiro a tratar para termos um documento oficial da nossa incapacidade. O problema é que o primeiro custa perto de €50 os outros seguintes por enquanto fica em €5

Comentar post

.últ. comentários

Bom dia a todos,Vender um rim. Economize uma vida ...
Olá,Nós estamos aqui mais uma vez para comprar rim...
Olá,Nós estamos aqui mais uma vez para comprar rim...
Olá,Nós estamos aqui mais uma vez para comprar rim...
Olá,Nós estamos aqui mais uma vez para comprar rim...
Tudo bem? meu esposo também é nefropata e começamo...
Com demanda urgente e alta da Rajarajeswari Medica...
Você quer vender seu rim? se sim, gentilmente, vol...
Bem-vindo ao Hospital Geral de Toronto, hospital e...
Isto é para informar o público em geral, masculino...
Bom artigo, muito obrigado.Falando sobre internet ...
Bom dia a todos,Vença um rim. Economize uma vida e...
Olá boa tarde, tenho 20 anos, e descobri que sou i...
Milena,Já fiz a duas. Então vamos lá. Fiz dialise ...
Olá sou Milena tenho 14 anos e faço Hemodiálise, N...
Boa noite. O cartao europeu nao cobre este tipo de...
boa tarde Tânia sempre conseguiu levar o seu pai a...
minha esposa foi trasplantada durante 28 anos ass...
tenho 30 e poucos anos e descobri a doença a 1 ano...
Olá,meu nome é Neuza e faço a diálise peritoneal h...
Olá,meu nome é Neuza e faço a diálise peritoneal h...
Alguém sabe o peso aproximado da máquina de Baxter...
Ola a todos! Sou a Mia tenho 24 anos e sou insufic...
Olá Maria Campos!Eu das vezes que viajei de avião,...
Olá Claudia!Desculpe só agora responder mas tenho-...
Olá amigo, meu esposo faz diálise peritonial. Como...
OI, Fernando , poderia ter seu telephone para te f...
eu sou dadora de rim do meu filho tambem posso tr...
Oi , Fernando, Adorei seu depoimento.Meu pai, port...
Olá boa tarde, peço desculpa só responder agora, s...
Ola sou do Brasil fiquei interessada no cinto como...
ola gostaria de receber o cinto como fazer estou n...
Boa tarde Fernando, o meu marido á um mês que foi ...
Minha avó acabou de fazer o cateterismo e agora fi...
Esses tremores após a hemodiálise é normal?
OláTenho uma sobrinha de 15 anos, há um ano mais o...
Meu nome é Sra Garção, Aqui é o meu testemunho !! ...
Ola Fernando,eu sou a Estefânia, sou Angolana devo...
GOSTEI MUITO DOS DEPOIMENTOS. VALEU ,OBRIGADO A TO...
Olá Filipa V!venha-se juntar ao nosso grupo no fac...
I discovered your site via Google while looking fo...
Não é possível, aliás, é crime fazer isso, chamado...
Olá Boa tarde.Tenho aqui umas dúvidas que gostaria...
oi meu nome e ronaldo ..tenho 23 anos...isso q vc ...
Bom, tenho 16 anos e tenho problemas nos rins. Pri...
Oi genteEu estou com um sobrinho passando por esse...
Olá, tenho uma prima que está internada no CTI de ...
Olá, tenho uma irmã por sinal maravilhosa tem 27 ...
Eu para tomar banho colocava um penso impermeável ...
Olá, Sou de Brasília e estou apavorada. Meu marido...

.mais comentados

.links

.subscrever feeds

.arquivos

. Março 2014

. Setembro 2013

. Março 2013

. Setembro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Setembro 2011

. Junho 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Dezembro 2009

.subscrever feeds

.Fotografias

.últ. comentários

Bom dia a todos,Vender um rim. Economize uma vida ...
Olá,Nós estamos aqui mais uma vez para comprar rim...
Olá,Nós estamos aqui mais uma vez para comprar rim...
Olá,Nós estamos aqui mais uma vez para comprar rim...
Olá,Nós estamos aqui mais uma vez para comprar rim...
Tudo bem? meu esposo também é nefropata e começamo...
Com demanda urgente e alta da Rajarajeswari Medica...
Você quer vender seu rim? se sim, gentilmente, vol...
Bem-vindo ao Hospital Geral de Toronto, hospital e...
Isto é para informar o público em geral, masculino...
Bom artigo, muito obrigado.Falando sobre internet ...
Bom dia a todos,Vença um rim. Economize uma vida e...
Olá boa tarde, tenho 20 anos, e descobri que sou i...
Milena,Já fiz a duas. Então vamos lá. Fiz dialise ...
Olá sou Milena tenho 14 anos e faço Hemodiálise, N...
Boa noite. O cartao europeu nao cobre este tipo de...
boa tarde Tânia sempre conseguiu levar o seu pai a...
minha esposa foi trasplantada durante 28 anos ass...
tenho 30 e poucos anos e descobri a doença a 1 ano...
Olá,meu nome é Neuza e faço a diálise peritoneal h...
Olá,meu nome é Neuza e faço a diálise peritoneal h...
Alguém sabe o peso aproximado da máquina de Baxter...
Ola a todos! Sou a Mia tenho 24 anos e sou insufic...
Olá Maria Campos!Eu das vezes que viajei de avião,...
Olá Claudia!Desculpe só agora responder mas tenho-...
Olá amigo, meu esposo faz diálise peritonial. Como...
OI, Fernando , poderia ter seu telephone para te f...
eu sou dadora de rim do meu filho tambem posso tr...
Oi , Fernando, Adorei seu depoimento.Meu pai, port...
Olá boa tarde, peço desculpa só responder agora, s...
Ola sou do Brasil fiquei interessada no cinto como...
ola gostaria de receber o cinto como fazer estou n...
Boa tarde Fernando, o meu marido á um mês que foi ...
Minha avó acabou de fazer o cateterismo e agora fi...
Esses tremores após a hemodiálise é normal?
OláTenho uma sobrinha de 15 anos, há um ano mais o...
Meu nome é Sra Garção, Aqui é o meu testemunho !! ...
Ola Fernando,eu sou a Estefânia, sou Angolana devo...
GOSTEI MUITO DOS DEPOIMENTOS. VALEU ,OBRIGADO A TO...
Olá Filipa V!venha-se juntar ao nosso grupo no fac...
I discovered your site via Google while looking fo...
Não é possível, aliás, é crime fazer isso, chamado...
Olá Boa tarde.Tenho aqui umas dúvidas que gostaria...
oi meu nome e ronaldo ..tenho 23 anos...isso q vc ...
Bom, tenho 16 anos e tenho problemas nos rins. Pri...
Oi genteEu estou com um sobrinho passando por esse...
Olá, tenho uma prima que está internada no CTI de ...
Olá, tenho uma irmã por sinal maravilhosa tem 27 ...
Eu para tomar banho colocava um penso impermeável ...
Olá, Sou de Brasília e estou apavorada. Meu marido...

.Março 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
28
29
30
31

.Fotografias

.subscrever feeds